quarta-feira, 21 de março de 2018

Assassinada no último dia 14, no Rio de Janeiro, junto com seu motorista, Anderson Gomes, Vereadora vai ganhar as telas do cinema muito em breve.

A informação veio do jornal O Globo. A produtora Paula Barreto (de ‘Lula, o Filho do Brasil’, ‘João: O Maestro’, ‘Crô: O Filme’), é quem está à frente do projeto, que está em estágio inicial de desenvolvimento.

O roteiro do longa será de João Paulo Reys e Flávia Guimarães (‘Berenice Procura‘) e a trilha sonora original terá a assinatura de Jorge Mautner.

Apesar disso, o filme ainda não teve sua direção assumida, mas deve contar com elenco e equipe técnica formados por moradores do Complexo da Maré, para onde será revertida a renda do filme e onde a vereadora nasceu.
VEREADORA MARIELLE FRANCO- HEROÍNA DA GLOBO

-  PROFISSÃO VEREADORA
-  SALÁRIO R$ 15.031.76 (mais auxilios)
-  A FAVOR O ABORTO
-  A FAVOR DO DESARMAMENTO
-  CONTRA A POLÍCIA
-  A FAVOR DA LEGALIZAÇÃO DAS DROGAS
-  SEMPRE PREGAVA DE VITÍMA 
- COBERTURA TOTAL DA GRANDE MÍDIA (GLOBO)
- VAI TER ESCOLA COM SEU NOME
- VAI TER FILME DA GLOBO CONTANDO SUA HISTÓRIA
- EXPLORAÇÃO POLÍTICO/ IDEOLÓGICA PÓS MORTE
- DURANTE TODO O SEU MADATO APROVOU 02 PROJETOS!

PROFESSORA HELEY DE ABREU- HEROÍNA DO POVO

- PROFISSÃO PROFESSORA
- SALÁRIO R$ 954 (um salário mÍnino sem auxilios)
- CONTRA O ABORTO E A FAVOR DA FAMÍLIA
- A FAVOR DO ARMAMENTO, A FAVOR DO CIDADÃO DE BEM
- APOIAVA A POLÍCIA (FILHO TEM O SONHO DE SER POLICIAL)
- TOTALMENTE CONTRA AS DROGAS
- PREGAVA O BEM, A HONRA E CIDADANIA
- SEU CASO FOI POUCO REPERCUTIDO PELA MIDIA (GLOBO)
- NÃO TEVE ESCOLA COM SEU NOME
- A GLOBO NÃO FEZ FILME MOSTRANDO SUA HISTÓRIA
- MORTE NÃO EXPLORADA
- COMO PROFESSORA, MORREU QUEIMADA PARA SALVAR SEUS ALUNOS!

Heley lutou com o vigia na tentativa de impedi-lo de colocar fogo na escola. Em chamas, ajudou a salvar vários alunos que foram trancados pelo vigia dentro de uma sala de aula. Ferida, com 90% do corpo queimado, chegou viva ao hospital, mas não resistiu. Se não fosse por ela, mais crianças teriam morrido. 

LAMETAMOS A MORTE DE MARIELLE, LAMENTAMOS A MORTE DE HELEY, MAS SABEMOS QUEM É A VERDADEIRA HEROÍNA!

terça-feira, 20 de março de 2018

O Diário da Justiça publicou uma convocação da presidente do STF, Cármen Lúcia, para uma reunião administrativa, amanhã, quando poderá ser discutida a autorização para prisão em segunda instância, após decisão colegiada.

Normalmente, esse tipo de reunião serve apenas para tratar de orçamento, mas diante do impasse gerado pela negativa de Cármen Lúcia em agendar uma nova discussão da prisão em segunda instância, nada impede que algum ministro proponha o debate.

Se houver a revogação pelo Supremo, o ex-presidente Lula será o maior beneficiado. Na próxima segunda-feira, dia 26, os embargos declaratórios impetrados pelos seus advogados deverão ser julgados pelo TRF4. Caso sejam rejeitados, Lula poderá ser preso imediatamente, como antecipou a Coluna no dia 07.

Cármen Lúcia tem resistido a colocar o tema em pauta, mas qualquer um dos outros 10 ministros pode pedir que o assunto seja debatido. Até o momento ninguém quis assumir o ônus da empreitada, mas o decano Celso de Mello tem sinalizado que poderá fazê-lo.

A expectativa, em Brasília, é que se for levada novamente a julgamento, a prisão em segunda instância será derrubada, passando a valer uma proposta intermediária do ministro Dias Tofolli, em que só após a decisão da terceira instância (STJ) é que o condenado iria para a cadeia.



Reprodução
Magistrada acusou vereadora, assassinada na quarta-feira (14), de estar "engajada com bandidos" e ter sido "eleita pelo Comando Vermelho"
Adicionar legenda


O ministro João Otávio de Noronha, corregedor Nacional de Justiça, determinou a abertura de procedimento para investigar as declarações da desembargadora Marília Castro Neves, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), que atacou a vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros na quarta-feira (14). A magistrada acusou Marielle de estar "engajada com bandidos", ter sido "eleita pelo Comando Vermelho" e ter descumprido "compromissos assumidos com seus apoiadores".

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) emitiu nota nesta terça-feira (20).

"Diante das recentes notícias veiculadas em meios de comunicação sobre manifestações públicas da desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Marília Castro Neves, a respeito da vereadora carioca assassinada, Marielle Franco, o corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, determinou a abertura de procedimento para averiguar os fatos", disse a nota.

Na sexta-feira (16), a desembargadora escreveu que "a questão é que a tal Marielle não era apenas uma 'lutadora', ela estava engajada com bandidos! Foi eleita pelo Comando Vermelho (facção criminosa carioca) e descumpriu 'compromissos' assumidos com seus apoiadores. Ela, mais do que qualquer outra pessoa 'longe da favela' sabe como são cobradas as dívidas pelos grupos entre os quais ela transacionava. Até nós sabemos disso".

O texto continua: "A verdade é que jamais saberemos ao certo o que determinou a morte da vereadora, mas temos certeza de que seu comportamento, ditado por seu engajamento político, foi determinante para seu trágico fim. Qualquer outra coisa diversa é mimimi da esquerda tentando agregar valor a um cadáver tão comum quanto qualquer outro".

O corregedor também determinou a abertura de Pedido de Providências sobre uma declaração da desembargadora em relação a atuação de uma professora portadora da Síndrome de Down. João Otávio de Noronha informou que "será concedido prazo para que a desembargadora se manifeste a respeito".

quinta-feira, 8 de março de 2018




Derrota em Ghouta seria o pior revés para os insurgentesOmar Sanadiki/Reuters - 8.3.2018

O Exército da Síria está se preparando para dividir a região rebelde de Ghouta Oriental em duas, à medida que forças que avançam pelo leste estão se unindo a tropas em seu extremo oeste, disse um comandante pró-Damasco nesta quinta-feira, aumentando a pressão sobre o último grande enclave
insurgente perto da capital síria.


Os rebeldes, que acusam o governo de empregar táticas de "terra arrasada", disseram que estão realizando mais emboscadas de estilo guerrilheiro em territórios perdidos para tentar deter novos avanços.

Uma derrota em Ghouta Oriental representaria o pior revés para os insurgentes desde que a oposição foi expulsa do leste de Aleppo no final de 2016, na esteira de uma campanha semelhante de cerco, bombardeios e ataques terrestres.

O comandante pró-Damasco, que falou sob condição de anonimato por não estar autorizado a conversar com a mídia, confirmou um relatório do Observatório da noite de quarta-feira segundo o qual o enclave, na prática, foi dividido em dois.

Mas Wael Alwan, porta-voz do Failaq al-Rahman, um dos principais grupos rebeldes em Ghouta Oriental, negou em Istambul que o território tenha sido dividido ao meio. "Não", disse em uma mensagem de texto quando indagado se o relato estava correto.

Um comboio humanitário que pretendia ir a Ghouta Oriental ainda nesta quinta-feira foi adiado, informaram o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e a Organização das Nações Unidas (ONU).
Um homem foi preso na tarde desta quarta-feira (7), suspeito de estelionato no município de Areia, no agreste da Paraíba.

De acordo com as informações iniciais, José Natan Fernandes Dias, 37, estava fabricando cópias de notas de R$ 100 em um estabelecimento quando populares que perceberam a ação chamaram a polícia.

Com a chegada dos policiais, o suspeito alegou que estava fazendo as cópias "para pagar contas" e que a polícia "não tinha nada a ver com isso".

Em seguida, foi dada voz de prisão e o suspeito foi conduzido à delegacia da cidade de Esperança.

O apresentador Luciano Huck vendeu uma mansão cinematográfica para os irmãos Joesley e Wesley Batista pelo dobro do valor do mercado. A transação aconteceu em 2013 e envolveu a propriedade do apresentador na Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis, em uma região considerada refúgio de milionários e celebridades.

O imóvel foi comprado em 2001, quando o apresentador pagou R$ 550 mil no terreno — valor que, 12 anos mais tarde, no ato da venda para os irmãos Batista, correspondia a cerca de R$ 1,4 milhão. Com a construção da mansão de quase 900 metros quadrados, a propriedade valorizou.

Corretores de imóveis especializados no mercado de luxo consultados pelo R7 sob a condição de anonimato estimam que a mansão esteja avaliada entre R$ 10 milhões e R$ 15 milhões. Huck vendeu o imóvel cinco anos atrás por R$ 26,5 milhões — ou R$ 33,4 milhões em janeiro de 2018. Ou seja, o lucro do apresentador na transação com os irmãos Batista pode ter chegado ao dobro do valor de mercado.

Joesley e Wesley Batista são os donos da J&F, controladora da JBS, uma das maiores produtoras de proteína animal do mundo. No ano passado, os dois assinaram acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República e denunciaram supostos esquemas de corrupção envolvendo o presidente Michel Temer e mais de uma centena de políticos. Os irmãos Batista acabaram presos em setembro por uso de informações privilegiadas para ganhar dinheiro no mercado financeiro. Wesley foi solto no mês passado.

Luciano Huck é apresentador na TV Globo e era potencial candidato à Presidência da República, mas desistiu da candidatura para a eleição deste ano em fevereiro, logo depois de ter vindo a público que ele havia comprado um jatinho com empréstimo do BNDES.

Leia mais: Dinheiro público financiou 85% do jatinho de Luciano Huck

O imóvel que Huck vendeu aos Batista é de altíssimo padrão. A mansão é dividida em módulos. Há um espaço principal social que se destaca na paisagem quando visto do mar. A estrutura de metal e vidro é cercada por uma piscina de borda infinita que se confunde com a linha do oceano. Três bangalôs para os hóspedes são interligados por passarelas e têm acesso direto à praia. Os quartos têm até “ofurô” com vista para o mar.

Transação

Todo este glamour e requinte foi vendido em 2013 para a empresa ZMF Participações, dos irmãos Batista, em um negócio vantajoso para o apresentador.

Os documentos foram registrados em um cartório em uma pequena cidade na Região Metropolitana de São Paulo.



Escritura da propriedade de 18 mil metros quadrados vendida por Luciano HuckReprodução

Antes de fechar definitivamente a transação, foi feito um “instrumento particular” sem registro em cartório no qual Huck se comprometeu a vender a mansão de Angra por R$ R$ 26,5 milhões.

Esta espécie de “pré-venda” consta da escritura registrada em cartório, quando a transação foi concluída e o paraíso particular do apresentador passou oficialmente para as mãos dos irmãos Batista.



Escritura mostra também a compradora, ZMF Participações, empresa dos irmãos BatistaReprodução

Por razões ainda desconhecidas, em março de 2015, Huck e os empresários registraram uma escritura pública apenas para desmentir a existência daquele primeiro documento não registrado em cartório, quando combinaram a transação da Ilha das Palmeiras.


Seis dias depois de finalizar a compra da mansão, os novos donos compraram o terreno vizinho de 44.600 metros quadrados por cerca de R$ 2,8 milhões de reais.

Piscinão de luxo

A mansão que agora pertence aos Batista rendeu duas ações judiciais contra o apresentador Luciano Huck por supostamente causar problemas ambientais.

No ano passado, a Justiça Federal de Angra dos Reis determinou que Huck pagasse uma indenização por danos morais coletivos por ter colocado um cerco de boias que bloqueavam uma faixa de mar em frente à ilha.



Trecho da ação do MPFReprodução

Em 2010, fiscalização do Ibama havia encontrado uma linha de 150 metros de boias paralelas à mansão do Huck isolando praticamente toda a enseada do Saco do Petisco de maneira ilegal e sem autorização.

Huck afirmou que não tinha licença, mas pretendia iniciar projeto de maricultura no local. O argumento não convenceu o MPF. “Contudo, pela posição das boias é fácil perceber que o réu possui pretensões dominais sobre os aproximados 15 mil metros quadrados de mar cercados.”

O apresentador foi condenado em 2011, mas entrou com uma série de recursos que foram negados pela Justiça. A sentença definitiva foi julgada em 1º de agosto de 2017. Huck pagou a multa corrigida no valor de R$ 58.548,95.

Praia artifical

A outra ação civil pública tramitou na 2ª Vara Cível de Angra dos Reis de 2007 a 2012. A Prefeitura de Angra dos Reis processou o apresentador depois de descobrir que foram feitas obras irregulares na mansão, incluindo a construção de um muro para criação de uma praia artificial.

No decorrer da ação, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral emitiu decreto que alterou a lei ambiental e de certa forma favoreceu o apresentador. Na época, Huck foi defendido pelo escritório da mulher do governador, Adriana Ancelmo.

O juiz Ivan Pereira Mirancos Junior extinguiu o processo sem julgamento em 12 de julho de 2012. Na sentença, o magistrado menciona a celebração de um termo de ajustamento de conduta entre o apresentador e a prefeitura.

Outro lado

A assessoria de Wesley Batista e Joesley Batista disse que eles não iriam comentar o assunto. A assessoria de Luciano Huck não se manifestou até o momento.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

A senadora Gleisi Hoffman, presidente do Partido dos Trabalhadores, fez um vídeo para a TV Al Jazeera, emissora árabe, com o objetivo de "denunciar" que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso. No vídeo, ela diz que Lula é um preso político preso para “não permitir que ele seja candidato” e afirma que o petista sempre foi "um grande amigo do mundo árabe". "Lula foi condenado por juristas parciais em um processo ilegal. Não há nenhuma prova de culpa. Apenas acusações falsas”, diz Hoffman no vídeo.

A RESPOSTA FOI RÁPIDA

O grupo terrorista "ISIS" Estado Islâmico em vídeo declara apoio ao PT e sua causa e tocaram o terror caso o "LIDER LULA" não seja libertado e ainda ameaçaram dizendo que não vai existir eleições no país caso o ex-presidente continue preso.


Estado Islâmico é o grupo terrorista mais violento e sanguinário que já existiu.
Recentemente, quando acontece um atentado terrorista no mundo, o primeiro nome que surge em nossas mentes é o do #Estado Islâmico.

Como pode uma milícia local, comandada por um ex-criminoso, se tornar na organização terrorista mais temida do mundo? Um autoproclamado Estado, capaz de coordenar e inspirar ataques mortíferos em cidades e vilas por todo o mundo... "ISIS: A Ascensão do Terror" revela as origens do Estado Islâmico, o que pretendem conseguir e como as suas táticas violentas e chocantes redefiniram a guerra no século XXI. 

Como eles mesmos assumiram, foram responsáveis por vários atentados, entre eles a queda de um avião russo no Egito em outubro e os atendados em Paris em novembro de 2015 que vitimaram juntos centenas de pessoas e deixaram outras centenas de feridos. O EI, conhecido também como ISIS (Islamic State of Iraq and Syria), são extremistas muçulmanos sunitas que faziam parte da Al-Qaeda no Iraque.

Gleisi pediu apoio aos “povos” ( entenda-se aí, terroristas) do Oriente Médio – os muçulmanos do Hammas, Hesbolah e outros grupos terroristas – inclusive o Estado Islâmico, para “ apoiar” Lula. Não é à toa, que no governo Lula e Dilma, foi construída a “Embaixada da Palestina” em Brasília com dinheiro nosso, para abrigar o Estado Islâmico. Ou acabamos com esse *Partido Terrorista* , ou, seremos aniquilados por ele. A mensagem do PT, já foi dada pela Senadora Gleisi Hoffmann.