Homem morre de cirrose e pede para ser enterrado com caixão cheio de cerveja

O chefe de Obras, José Carvalho Viana de 47 anos, morreu no último sábado(25) de cirrose na cidade de Santa Cruz do Capibaribe no interior de Pernambuco. Porém o que chamou a atenção foi a forma que José pediu para ser enterrado. Com caixão cheio de cerveja.


Segundo amigos e familiares, José Carvalho começou a beber aos 9 anos de idade, durante todas as manhãs no lugar de café, o chefe de obras tomava uma cerveja, até descobrir a doença que leu a morte. Pouco antes de morrer, José fez cinco pedidos.

O primeiro, é o que o caixão ficasse no chão o segundo que não tivesse flores e nem ''coroas'' durante seu velório. O terceiro é que o caixão ficasse repleto de garradas de cerveja de sua marca preferida.

O quarto que a foto do velório fosse divulgada nas redes sociais, ao ponto que na visão dele, mostre que a 'morte' necessariamente não é algo ruim. O quinto e último pedido era que tivesse uma banda de Forró, mas esse a família não atendeu.