DINHO, VOCALISTA DO MAMONAS ASSASSINAS- entrevista à VEJA em Agosto de 1997

DINHO, VOCALISTA DO MAMONAS ASSASSINAS – entrevista à VEJA em Agosto de 1997.

‘Muitas vezes esse pessoal da esquerda vem reclamar das nossas letras, dizem que somos preconceituosos, machistas, homofóbicos, essas coisas. Não conseguem perceber que é só uma brincadeira, só uma piada. Tenho medo de que, no futuro, esses esquerdistas acabem deixando o mundo todo muito mais chato’

ISSO É ANORMAL?? Os esquerdistas crucificaram o doido do Jair Bolsonaro por ele ensinar uma menina a fazer um gesto apontando arma! Qual pai nunca deu uma pistolinha de água para seu filho brincar?' qual adulto nunca brincou de "policia e ladrão" quando criança?

SABE O QUE É ANORMAL? Uma criança ser levada com suas coleguinhas a um museu e ser obrigada a ficar pegando em um homem nu, e ainda dizem ser arte? mas isso os esquerdistas acham muito normal, a grande mídia não criticou.

‘O DINHO FOI UM VERDADEIRO PROFETA!!!! ISSO QUE ELE FALOU ACABOU ACONTECENDO, HOJE EM DIA OS MANONAS SERIAM IMPOSSÍVEIS NESSE MUNDO CHEIO DE VITIMISMO E MIMIMI!!!!!’